Seja bem vindo à Faêrun, uma terra difícil de se viver, mas um lugar fácil para morrer. Onde espertos vivem o suficiente para aproveitar suas riquezas, e valentes morrem cedo o bastante para tornarem-se lendas.
Cerca de dez anos após o tempo das perdições, o mundo volta à prosperar. Apesar da tentativa dos Zentharins de assumir o controle do comércio de boa parte de Faêrun ter fracassado, seus habitantes, não mudaram suas motivações, e infelizmente, continuam com buscas incessantes por itens mágicos perdidos, tesouros deixados para trás por lordes que buscavam salvar suas vidas, conhecimentos de segredos ocultos e vantagens que podem gerar motins e revoltas de populações de cidades inteiras, intrigas e guerras de influência objetivando o controle pelo poder.
Durante aquele período, o Reino dos Vales foi extremamente prejudicado pelos ataques de Forte Zenthil, que controlado pelos Zentharins na época das perdições representava uma grande ameaça. Hoje o Reino dos Vales ainda se mantem de pé com a prática do comércio e da lavoura.
No Vale das Sombras, a lavoura continua sendo a sua principal atividade, associada ao comércio de viajantes e potenciais mercenários buscando trabalhos em algumas vezes escusos.
Pouco se sabe sobre o paradeiro do habitante mais famoso do Vale das Sombras, Elminster, o sábio. Menos ainda sobre sua sanidade, que após transitar tantas e tantas vezes pelos planos pode ter sido prejudicada.
Em um mundo onde pequenos segredos, se escondidos por tempo suficiente podem ser o necessário para ocasionar guerras, e se contados da maneira errada, podem gerar o desaparecimento de cidades inteiras, a participação de pessoas aparentemente comuns pode ser determinante e mudar o destino de reinos inteiros do nascer ao por do sol.
As escolhas são movidas pelo caráter, motivadas pela necessidade, e podem transformar sua participação no mundo uma verdadeira viagem, sem fim, ou sem volta.

Os planos do destino.

19de2c78b6431041218522b21e0c1ce4 guimaraeslucasf eduokumura leo_aguillarr